Assista ao vídeo com o passo a passo: CAIXA TEM – Como atualizar os dados cadastrais para receber o Auxílio Emergencial 2021.

Caixa Tem é o aplicativo básico para os beneficiários do auxílio emergencial, a Poupança Social Digital e também para pagamento do Saque Emergencial do FGTS.

Depois do Novo Auxílio Emergencial ter sido aprovado pelo governo e pelo Senado e Câmara dos Deputados, a Caixa publicou informações sobre atualização do Aplicativo Caixa Tem. A atualização tem o objetivo de oferecer mais segurança, vantagens e praticidade aos clientes.

Todos os usuários do aplicativo Caixa Tem (Android | iOS) devem atualizar os dados cadastrais até o último dia do mês de março. Esse procedimento é necessário para a liberação das 4 parcelas do Novo Auxílio Emergencial 2021, que começa ser pago em abril e, também, para realizar as movimentações financeiras e evitar possíveis problemas no recebimento de benefícios e pagamento do Auxílio Emergencial.

Atualizar os dados cadastrais dos beneficiários antes mesmo de sair as informações definidas sobre o auxílio é uma estratégia da Caixa. Seu objetivo é antecipar essa parte para que não haja um grande número de acesso no Caixa Tem de uma só vez, já que isso trava o aplicativo causando transtorno para todos.

CONSULTA AUXÍLIO DATAPREV

É importante saber também que o governo tem uma nova página para consulta do Auxílio Emergencial, o site Consulta Auxílio Dataprev, veja como consultar extratos, benefício e pendências, aqui!

Então, quando as datas de pagamento novo auxílio 2021 forem publicadas não precisa correr para atualizar os dados, o dinheiro cai na conta Poupança Social Digital, aberta no aplicativo, e assim já pode ser utilizado para pagamento de contas e para compras, como foi com o auxílio.

QUEM PODE ATUALIZAR OS DADOS NO CAIXA TEM PARA O AUXÍLIO 2021 ?

As informações oficiais sobre quem vai receber o novo benefício ainda não saíram. Mas pelas informações preliminares sobre esse assunto, o governo deve cortar muita gente dessa rodada. Ainda não sabemos em que momento será feita essa seleção. Se será feito quando as pessoas atualizarem seus cadastros ou já estão fazendo os cortes antes de atualização.

O que já sabemos é que o novo auxílio vai ser pago a cerca de 20 milhões de pessoas e 14 milhões de beneficiários do Bolsa Família. Assim deve ficar de fora mais de 7 milhões de pessoas que receberam de forma indevida em 2020.

Quais pessoas não tinham direito ao Auxílio Emergencial 2020 mas receberam?

Os servidores civis, militares, pessoas empregadas, pessoas falecidas, brasileiros que moram no exterior, pessoas presas e pessoas com renda acima do valor máximo estipulado.

Muitos desses foram sendo identificados em 2020 pelo Tribunal de Contas da União – TCU e pela Controladoria Geral da União – CGU. Mas mesmo assim boa parte conseguiu receber uma ou algumas parcelas, que precisam ser devolvidas ao governo por meio da Declaração do Imposto de Renda.

Requisitos para ter direito no auxílio, são: ser brasileiro maior de 18 anos que reside no Brasil (idade mínima não se aplica a mãe adolescente) que esteja desempregado ou, MEI ou, trabalhador informal, beneficiários do Bolsa Família e demais pessoas que estão no Cadastro Único.

COMO FAZER ATUALIZAÇÃO NO CAIXA TEM PARA AUXÍLIO

É só acessar o aplicativo na data informada abaixo, depois entrar em Atualize seu cadastro e em seguida enviar os documentos pessoais para comprovação dos dados, que são o RG, CPF e comprovante se residência.

Pronto, está feito. Com poucos passos é possível atualizar o cadastro no aplicativo. Quem for aprovado deve aguardar a liberação do auxílio na conta, na data a ser anunciada.

Veja o calendário para realizar a atualização cadastral no Caixa Tem (Android e iOS):

Estas informações podem ser conferidas aqui : Caixa Notícias